domingo, 31 de dezembro de 2017

Favoritos De 2017 | Quinta Parte

E por fim chegámos ao último dia do ano, ao último post de 2017 aqui no blogue e ao último capitulo dos meus Favoritos de 2017. E hoje o post vai ser dedicado inteirinho aqui ao blogue!

A Escrita

E este blogue sobreviveu mais um ano. E porque utilizo a expressão "sobreviveu"? Porque a Blogosfera o que tem de floresta mágica, tem de floresta negra. O que nos consegue elevar a alma, também nos consegue esmagá-la, dependendo da importância que lhe damos, certamente, mas nem sempre conseguimos separar as águas. 

"Como assim?" - separar que isto é o meu passatempo, a minha forma de ocupar o tempo, o meu passeio digital, a minha partilha para o mundo e não o meu trabalho. Não é isto que me dá dinheiro então porque é que me vou deixar afetar? 
Por isso mantenho a minha forma de escrever e de interagir porque esta sou eu, mais ou menos fofinha, mais ou menos assertiva, mais ou menos encantadora. 

O Conteúdo

Sempre em evolução, o blogue este ano viu novas temáticas incluídas e antigas rúbricas reforçadas, como vários locais para se fazer Turismo Rural, tão bem recebido entre os meus leitores, mais posts sobre beleza e bem-estar, que gosto cada vez mais de fazer, várias receitas partilhadas e muitos posts com textos motivacionais que eu tanto gosto de escrever e partilhar!

O blogue é o meu espelho e apesar de não mostrar tudo o que sou, tudo o que partilho mostra um pouco de mim, nem que seja uma opinião porque se não, não faria qualquer sentido este espaço para mim. Isto é algo pessoal; não tão dramático nem tão abonecado mas simples e real, exatamente como a vida.

A Ambição

Eu confesso que o meu grande objetivo de 2017 era chegar às 200 mil visualizações. Estou a ser o mais honesta possível... era este marco que eu queria alcançar [para além de um conteúdo cada vez melhor] e não consegui. O blogue até à data conta com cerca de 170 mil visualizações e apesar de não ter atingido aquilo que eu realizei, eu fico genuinamente feliz com esta concretização. 

Ter criado a conta de Instagram associado ao blogue veio ajudar muito e abriu portas - no Instagram já somos mais de 500 seguidores! Consegui chegar a mais pessoas, lidar com mais pessoas, conhecer mais bloggers e conteúdos e isso é absolutamente fantástico! Mas só é fantástico se não dermos demasiada importância porque a rivalidade que se vive nos dias de hoje... é desconcertante. Situações como "Sigo-te para me seguires de volta para depois eu deixar de te seguir e ganhar números à tua pala" ou "Vou seguir-te só para ganhar o que estás a sortear e depois txau porque nem te conheço de lado nenhum" ou ainda "Não te sigo mas vejo tudo o que tu fazes e acho que tudo o que fazes é reles e não tem interesse". 
E eu tento distanciar-me o máximo possível deste tipo de ervas daninhas digitais.


P A R A   2 0 1 8

Não vou massacrar-vos com uma lista desejos e sonhos para o ano que está quase aí a bater à porta mas sem dúvida que o meu desejo maior para 2018 é ter força para manter o meu blogue tal e qual como ele é, sem ceder a pressões de números, comentários ou falta deles. Para 2018 desejo o melhor para o meu blogue e o dobro para o vosso e claro, muitooooo amor em cada um dos vossos corações! Espero que tenham gostado desta série de Favoritos!

E agora bola lá beber uns canecos e brindar! Até para o ano!

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Os seis Posts Que Eu Mais Gostei De Escrever Em 2017!

Estamos mesmo na reta final de 2017 e para além do leque de posts que tenho feito sobre os meus Favoritos, todos os domingos deste mês, hoje decidi partilhar convosco seis posts que mais gostei de escrever durante todo o ano e sei que não será tarefa nada fácil, mas vou conseguir!

24 de janeiro de 2017



Isto é apenas um excerto sobre o texto curto mas muito direto sobre o facto de ter um blogue público, o que me levou a fazê-lo e da consciência que tive e tenho em mantê-lo, por muito que às vezes isso se torne complicado.

                                   7 de fevereiro de 2017

                               "3# Só se estraga uma casa"


Por norma todos os posts sobre este item, de viver com o namorado, me dão muito gozo a fazê-lo porque, por norma, são textos divertidos mas este, ainda agora me faz rir muito! Ah, já agora, já tenho televisão no quarto ahahah!

                                      5 de março de 2017



Falar sobre o meu trabalho em si (funções, gostos, dissabores) nunca o fiz mas falar sobre o centro comercial em si e no seu funcionamento acontece muitaaaas vezes por aqui e este foi um dos posts que destaco este ano porque creio que também será intemporal. E quem trabalhar num local do género irá com certeza concordar com o que escrevi!

5 de abril de 2017



Outro post que me veio da alma e que decidi partilhar convosco este meu desabafo, que tenho a certeza que também será o desabafo de tantas outras raparigas. Claro que desde este post voltei ao ginásio, emagreci, fiz dieta, vieram as festas, parei a dieta, engordei e parei o ginásio. E este iô-iô parece não parar mas ando cada vez mais a planear mudar este aspeto em 2018 porque a minha insegurança só tem tendência a aumentar... 

24 de agosto de 2017




Well... que dizer sobre isto? Fui tão sincera e explicita que o melhor é lerem o texto na íntegra porque não se vão arrepender, porque acaba por ser um texto emotivo, acolhedor, encorajador mas cheio de esperança!

18 de setembro de 2017



Isto é apenas um pequeno excerto de um texto longo que, avaliando agora, é ligeiramente frio, ligeiramente triste mas integralmente real e no fim, avaliando ainda mais profundamente, é um texto com um final feliz. Deixei de me arrepender de ter uma licenciatura, expus, a quem mais está como eu, que não tem mal. Nós temos valor à mesma. 

Claro que existem muitos mais posts que me deram igualmente gozo escrever - principalmente os textos motivacionais - mas destacar muitos mais acabaria por ser maçudo e quis apenas fazer um apanhado de tanta coisa que partilho convosco!

E vocês, lembram-se de algum destes posts?

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

48# Tragam as pipocas, hoje é dia de cinema!

Maltinha, hoje trago o último filme de 2017! Vi-o no outro dia e tinha de vir partilhar convosco a minha opinião.


Neste filme viajamos para o reinado da Rainha Victória, mais precisamente para 1880, quando dois rapazes provenientes da Índia são escolhidos para participar no Jubileu de Ouro da Rainha. Um deles, Abdul Karim, quebra o protocolo ao olhar diretamente nos olhos da Rainha, acabando por cair nas suas boas graças, passado a ser um dos seus confidentes e conselheiros.
Obviamente que esta aproximação trás dissabores à familia e circuito de amigos da rainha, tentando de tudo por afastá-los. Mas é a postura de Abdul que faz com que a Rainha "regresse à vida", aprendendo novas coisas sobre um novo mundo (o mundo dele), voltando a realçar o seu lado mais humano.


Quando vi este filme em exibição no cinema pensei que seria uma obra de arte, só pela capa do filme, ou só pela atriz principal (Judi Dench), ou só porque é um filme sobre a nossa História - História da Humanidade. Mas acabou por se revelar um filme banal, diria enfadonho em determinadas partes, mas com muitos pormenores interessantíssimos. Guarda-roupa, fotografia, banda sonora e a própria participação de Judi Dench que é brilhante, como sempre! Mas vale a pena ver por casa, num domingo à noite chuvoso.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

14# DICAS | E O Que Fazer Depois Do Natal?

Acho que posso dizer abertamente que no dia 26 estamos TODOS de barriga cheia, com uma moínha que parece uma espécie de ressaca destas festividades mas muitos de nós podem continuar a aninhar-se no sofá, entre as mantas e os filmes mas muitos outros, como eu, têm de ganhar coragem para ir trabalhar... E por isso deixo em baixo quatro dicas essenciais para o dia 26 (hoje, para quem ainda não reparou :p):


1 - Primeira coisa a fazer: tomar um mega banho! Ajuda a aliviar o "peso" extra que sendo da nossa cabeça, parece que está lá e acabamos por nos sentirmos realmente mais leves depois de um duche ou um banho mais demorado.

2 - Depois daquele bom vinho ao jantar ou daquela sangria ao almoço, seguido de um licorzinho à tarde, hoje o ideal mesmo é a vossa bebida passar a ser CAFÉ! Ajuda a despertar e estarão mais focados para o dia de trabalho que aí vem!

3 - E por falar em líquidos... para além do café, hoje é dia de beber muita água também. Ajuda a limpar o organismo, a saciar a sede depois de todos os doces que ingerimos e ajuda a hidratar-nos!

4 - Se são da equipa que leva marmita para o trabalho, não se sintam mal levarem os restos para comerem mas em vez de levarem sonhos para a sobremesa, experimentem uma peça de fruta. Sentir-se-ão outros!


Mais alguma dica que queiram acrescentar para ajudar a voltar à rotina, depois do Natal?

domingo, 24 de dezembro de 2017

Favoritos de 2017 | Quarta Parte

Maltinha, antes de prosseguir, quero apenas dizer que vos desejo uma feliz noite de Consoada, junto de quem mais gostam, com os corações quentes e uma mesa farta! E agora sim, vamos à quarta parte dos meus Favoritos de 2017!

A Experiência

Como é possível destacarmos um só momento num ano inteirinho, onde vivemos tanta coisa e muitas delas, à flor da pele? Ainda assim, mesmo sendo uma tarefa extremamente árdua, há uma experiência que guardo com muito carinho.

P R I M E I R O   P A S S E I O   D E   M O T A


Foi logo no dia a seguir ao exame; como era verão, toca de o primeiro passeio ser para onde? Praia, pois claro. Mais precisamente Sesimbra. Suei mais do que se estivesse estado numa sauna (quem conhece Sesimbra sabe que aquilo é só subidas e descidas) mas correu tudo muito bem, sempre com o meu namorado atrás de mim na sua mota - passeiozinho tão romântico! A primeira vez nunca se esquece não é? E por isso essa é a minha experiência de eleição.

A Aventura

Se há coisa que eu não sou é grande aventureira... não corro assim grandes riscos (se bem que há muito boa gente que acha que o facto de eu andar de mota é uma grande aventura!) mas também consigo destacar uma aventura neste ano!

E S T Ú D I O S   D O   H A R R Y   P O T T E R


Foi uma das melhores aventura da minha vida! Foi como se tivesse entrado nos livros, nos filmes e tivesse estado noutra dimensão - parecia que nem no meu corpo estava!
Da primeira vez que estive em Londres, não fui... mas a segunda vez já foi planeada exatamente com o principal objetivo de fazer este tour. E vale cada cêntimo. Vale cada quilómetro e cada hora que lá se passa. E é de uma emoção que nos transborda, que nos ilumina por dentro e que nos faz sorrir até perder a sensibilidade dos músculos da face. Foi a melhor aventura do ano, que está bem guardado no meu coração!

A Dificuldade

Passei por alguns percalços durante este ano, tal como todos nós mas há uma dificuldade que é agridoce. Quase que me recriminei ao pensar escrever sobre isto por receio do que as pessoas poderiam pensar mas a verdade é que acho necessário, para desmistificar este conceito, que quase é obrigatório parecer perfeito para terceiros.

V I V E R   C O M   O   N A M O R A D O


Tem sido uma tarefa e pêras. Temos os dois um temperamento que Deus nos acuda e nos ajude mas no fundo gostamos muito um do outro. Essa é a verdade. Ás vezes acho que gosto mais dele do que ele de mim, outras vezes é ele que diz que gosta mais ele de mim, que eu dele e no final nunca conseguimos decidir que raio de íman é este que temos um para o outro. É o íman do amor - ou da estupidez, como muita gente poderá achar - mas é algo que existe, que eu sinto e que não dou grandes justificações quanto a tal.

Mas não é só conto de fadas partilhar a casa com o mais que tudo, porque até quando é só um mar de rosas, existem pequenas coisas que dificultam. Há ondas, mares e marés, tempestades e bonanças. Sim, existem muitas bonanças, pela sanidade do casal, pela sanidade de cada um e há muitoooo amor! Há coisas tão bonitas! Mas há outras tantas difíceis... E não se recriminem por acharem que é difícil, por não vos apetecer colocar fotos lindas e maravilhosas com ele nem se sintam mal pela "perfeição" matrimonial existente nas Redes Sociais. A nossa vida é a nossa vida e é perfeita dentro da nossa imperfeição.

E agora que perderam um tempinho a ler mais um post sobre os meus Favoritos, vão lá comer justamente as vossas rabanadas e os vossos sonhos - e que eles se concretizem sempre! Feliz Natal! 

sábado, 23 de dezembro de 2017

O Natal E A Minha Religião

Antes de começar a escrever este post, pus a tocar uma playlist bem natalícia para me inspirar porque honestamente, por mais que queira aproveitar esta época como uma época bela em si, tenho que fazer um salto bem profundo ao meu interior para o conseguir fazer porque, gente... o centro comercial e as pessoas em si andam a consumir-me!

Stress, compras e sacos por todo o lado, encontrões, má educação, gritos... My God! NO ENTANTOOOO, não é nada sobre isso que vim escrever porque o Natal [quero acreditar!] ainda é vivido por muita gente como deve ser. Presentes sim, mas existindo coisas bem mais importantes para ressalvar como o amor e a harmonia! 


O Natal, na minha religião, celebra o nascimento de Jesus Cristo e de tudo o que ele significou para as pessoas que acreditam, minimamente, na sua existência e na sua obra. Não sei a Bíblia de cor nem tão pouco tenho uma prova de que ele ou qualquer outro santo tenham existido mas já nos nossos tempos comprovámos a existência de pessoas de coração bom e que dedicam a sua vida aos outros e isso é religião. Religião é sermos bons uns com os outros, seja que religião for. Dar a mão, ajudar com o pouco que temos.

Não vejam o que escrevo como um sermão da missa que não é nada disso o que quero fazer mas às vezes parece que as pessoas têm vergonha de assumir que acreditam em algo. Eu acredito que precisamos de ter uma fé, seja qual for, para nos ajudar a caminhar nesta vida. Se tenho dúvidas de alguma coisa? Tenho e não são nada poucas. Se tenho sempre fé? Não. Se acredito sempre? Não. Mas a fé não é algo linear nem preciso nem tão pouco é algo garantido. É um processo diário, como tantos outros no nosso dia-a-dia. 

E ainda assim, mesmo com filas infernais para entrar no centro comercial, eu mantenho fé na humanidade e no seu melhor lado! Feliz Natal meus querido leitores e seguidores!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Opções Saudáveis Para O Natal | Leite Creme Com Frutos Do Bosque

Andava eu em busca de mais opções saudáveis típicas desta quadra quando me deparei com esta receita, que é boa opção para o ano todo, mas para esta altura calha também que nem ginjas!

Leite Creme com Frutos do Bosque

Toda a gente sabe que a sobremesa Leite Creme é algo bem docinho e bem leve, por isso o objetivo desta partilha é que sintam o doce à mesma, ao saborearem, mas com menos peso na consciência (se é que, a esta altura do campeonato, ainda temos alguma ahahah)!



Precisam de:

- Seis copos de leite magro (ou origem vegetal)
- Três ovos grandes
- Duas gemas grandes
- Uma pitada de adoçante natural (mel, por exemplo)
- Uma colher da sopa de Maizena
- Um pau de canela
- Uma casca de limão
- 100 gr de frutos do bosque

Modo de preparação: 

1 - Bater os ovos inteiros e as gemas com o adoçante natural até criar uma massa homogénea.

2 - Aquecer o leite com o pau de canela e casca de limão em lume brando até começar a ferver.

3 - Deitar um pouco de leite numa taça e desfazer lá dentro a maizena.

4 - Deitar esta mistura no resto do leite fervido e mexer sempre na mesma direção.

5 - Acrescentar a mistura de ovos com adoçante, colher a colher, mexendo sempre de forma a evitar que os ovos coalhem. Mexer até engrossar.

6 - Deitar numa teça funda ou em pequenas taças, decorando em cima com frutos dos bosque e com um pequeno ramo de pinheiro [enquadrado nesta altura do ano].


Fãs de Leite Creme, que tal experimentarem esta versão, não muito diferente da original?

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

O Natal No Hospital

Parece que estou a fazer aqui umas compilações de sugestões "Onde passar o natal?" mas não é nada disso ahahahahOntem falei-vos do espírito que se vive no Centro Comercial mas hoje trago-vos a minha experiência no Hospital.

Já foram quatro as vezes (de que me lembro) que o dia 24 de dezembro foi passado pelo Hospital [e também já lá passei uma Passagem de Ano]. Por inúmeras causas [já deu para perceber que não sou a pessoa mais saudável do mundo, não?] e todas elas com um sentimento de desconforto brutal mas enganem-se se era pela data. Creio que quem lá está, mesmo doente, não quer saber se é dia 24, 13 ou oito, seja de que mês for; só quer sentir-se melhor e aí sim dar mais importância à realidade cá fora. 

E o que posso dizer sobre isso é que as pessoas (pessoal do hospital) que estiveram e cuidaram de mim, mostravam estar na minha onda: inerentes se era véspera de natal, focados em perceber o que se passava comigo, centrados em eu sentir menos dores. Definitivamente os profissionais da saúde nem sempre têm o reconhecimento devido. Mais calorosos ou mantendo mais a distância, dos auxiliares aos médicos, sempre recebi uma palavra de conforto, quando às vezes isso faz toda a diferença.

Eu aqui agradeço a toda a gente na área da saúde que, de uma forma diferente que os lojistas, também ouvem e aturaram com cada coisa de fugir!! Obrigada por todas as vezes que se cruzaram comigo, dentro e fora das Urgências e englobo TODA  a gente! Sempre que precisei de ir com urgência ao dentista, ele esteve lá para mim! Sempre que precisei fazer análises para ontem, eles estiveram lá para mim. Assim como os radiologistas, os médicos de serviço no Centro de saúde, no Hospital Público e no Privado. Os enfermeiros que me ajudaram com questões e dúvidas... tanta gente! Obrigada por ajudarem a salvar vidas!

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

O Natal No Centro Comercial!

Tinha prometido a mim própria que até ao Natal haveria todos os dias posts aqui no blogue e mesmo não andando a 100%, quero cumprir a minha promessa! E hoje trago-vos um tema que é de conhecimento público porque TODA a gente compra, pelo menos UM presente de Natal no centro comercial mais perto... logo toda a gente sabe o que se vive por lá nesta altura.

O Natal é muito bonito - é - mas para quem trabalha num centro comercial é também uma altura de muito desgaste. É fila para entrar no estacionamento, é o fim do mundo para estacionar, se por acaso não levarmos comida de casa, é um drama fazer refeições na zona de restauração, fora as pessoas que ficam com menos paciência, pois ficam eternidades às compras, já não conseguem estar muito tempo à espera nas filas e quem acaba por levar com tudo é exatamente quem está atrás do balcão. [Nem sublinho o facto de uma pessoa ter muito mais trabalho!] 

O ano passado escrevi um post que possivelmente será intemporal: Regras Para Todos Sobrevivermos Às Compras De Natal! E não retiro uma virgula; se as pessoas forem mais cívicas, menos obcecadas pelo consumismo e mais humanas, tudo corre pelo melhor! Se esta é uma altura bonita para vocês, permitam, com a vossa boa-educação, que também seja uma altura bonita para quem lá trabalha: seguranças, lojistas, empregados da limpeza, etc. Vamos todos ao centro comercial fazer as nossas comprinhas acompanhados de toneladas de paciência e respeito e no final do dia toda a gente estará contente!

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Livros | Segredos Para Um Final Feliz

Ter uma irmã a trabalhar numa livraria, significa ter alguns privilégios no que toca em aquisição de livros. Sabe sempre dizer-me que novidades andam aí, que novas histórias andam no ar, etc, etc. Mas quando essa irmã está de baixa há uma eternidade por licença de maternidade, significa que se queres um livro... vais ter mesmo que te desenrascar.


E foi o que fiz. Numa ida ao Continente, passei (como sempre) na parte dos livros e vi lá uma data deles com bons descontos. Com a minha irmã de baixa e com o último livro do Outlander lido, eu tinha de vasculhar aqueles livros em promoção e foi assim que trouxe o "Segredos para um final feliz" da autora Lucy Dillon, de quem nunca li nada. Só li a parte de trás e pareceu-me aquele romancezinho leve, leve; o ideal para quem tinha estado a ler mais de 1000 páginas. 

"Segredos para um final feliz" conta-nos a história de Michelle e Anna, duas amigas muito diferentes que o destino quis juntar, de forma a que se podessem amparar uma à outra nos fracassos mas também nas vitórias. Empreendedora e focada no trabalho, Michelle, dona de uma loja de decoração decide abrir uma outra loja, em que tem muito pouca fé: uma livraria. Anna, uma sonhadora nata e absolutamente louca por livros, é convidada a gerir essa mesma livraria, dando-lhe uma vida que Michelle nunca pensou, acabando por ser palco de novos amores, escapes e até de corações partidos. Mas ambas precisam de mais do que resolução laboral... Michelle tem os fantasmas do passado para enfrentar (e um que não a larga nem por nada, o ex-marido) e a alegre Anna tem de lidar com três enteadas adolescentes, quando a única coisa que a move é gerar o seu próprio filho.

Começo por dizer que a escrita nada tem de especial, Ou seja, não é a escrita que nos prende à história. A história em si também não é muito complexa mas são os pormenores que lhe dão vida. Pessoalmente, o livro acabou por me cativar e diria até, despertar para algo que nunca me tinha apercebido: eu orgulho-me mesmo de gostar de ler! Gosto do objeto em si. Já me tinha apercebido - obviamente - que aprecio o ato de folhear, levar o livro para todo o lado quando sei que vou ter tempos mortos. Mas nunca me tinha dado à conta de como é verdade de que gosto de passar sempre por onde se vendem livros, ver o que está a ser vendido. 



Ainda me recordo quando foi o boom da Fnac, que a malta virava para um lado para ir ouvir música... e eu automaticamente começava o meu passeio pela Fnac pelo lado oposto: o lado dos livros! E que bom que é gostar de livros! Tal como a personagem Anna, quando ouço alguém dizer "Eu não leio", automaticamente arranjo um livro da minha estante para sugerir à pessoa em questão. O meu maior "desgosto" é ainda não ter conseguido com que o meu namorado lesse um livro... quando o conheci, impingi logo "A lua de Joana" [sempre tão atual e tão simples] que ficou no cacifo da Força Aérea meses até ele confessar que só conseguiu ler metade. 

Da mesma maneira que também sinto uma ligeira vergonha por confessar que este ano só li quatro livros. De ano para ano eu comprometo-me sempre a ler mais livros... mas nem sempre dá e já ter lido quatro, já é muito bom. 

Vamos ver que livros farão parte do meu dia-a-dia e imaginário para o ano!

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Opções Saudáveis Para O Natal | Nuvens De Mel E Vinho

Malta, acabámos de entrar na semana que antecede o Natal e por isso trago-vos mais uma receita. Quer dizer... este não é um doce tradicional do Natal mas como eu o fiz na folga, decidi trazer-vos também a receita para que possam pôs as mãos à obra e encantarem os vossos amigos ou familiares com algo diferente.

Nuvens de Mel e Vinho

Na receita original, [que fui buscar ao meu maravilhoso livro "A Aventura Culinária"] o nome da mesma é Mousse de Mel e Vinho. Como o meu resultado final nada teve a ver com o aspecto de uma mousse, decidi eu própria de a apelidar de Nuvens de Mel e Vinho. Fiquem a saber que eu não sou nada, nadinha prendada no que toca à cozinha mas de vez em quando [quando estou para aí virada] gosto de arriscar - mas sou do género de pessoa que confunde gema com clara (que foi exatamente o que aconteceu nesta receita...).


Precisam de:

- Quatro ovos
- 150 gr de natas [ou queijo Quark para uma opção mais saudável]
- Oito ou nove colheres da sopa de mel
- Um cálice de vinho branco
- Um cálice de vinho do Porto
- Um pau de canela
- Uma estrela de anis
- Quatro folhas de gelatina incolor
- Bolachas digestivas

Modo de preparação:

1 - Colocar os dois cálices de vinho numa panela a ferver cerca de dois minutos; colocar a arrefecer.

2 - Separar as claras da gemas e bater as gemas, misturarando com o mel.

3 - Juntar as gemas com o mel às natas e bater tudo, adicionado aos poucos o vinho.

4 - Colocar o conteúdo no fogão até engrossar e colocar as folhas de gelatina previamente hidratadas em água.

5 - Deixar repousar o conteúdo enquanto colocam no fogão numa panela à parte mais um cálice do vinho do Porto com um pau de canela, duas colheres da sopa com mel e uma flor de anis.

6 - Bater as claras em castelo, misturar no conteúdo e dividir por taças.

7 - Regar por cima com a calda de vinho do Porto e colocar por cima bolacha ralada.

8 - Ir ao frio para solidificar e depois usufruir!


Que tal vos parece? Tentador para experimentarem? 
Eu cá acho que, para o tipo de cozinheira que sou, a coisa nem saiu nadaaaaa mal!

domingo, 17 de dezembro de 2017

Favoritos 2017 | Terceira Parte

Maltinha, cá venho eu com mais um post sobre os meus Favoritos de 2017, que me tem dado muito gozo prepará-los e espero que também tenham estado a gostar. E agora, sem mais demoras...

O Blogue

Fica muito complicado indicar um único blogue que se destaque nos muitos que eu leio mas tenho de destacar um que me dá muita graça ler porque quase sempre (e isto falando nove em dez vezes) concordo com os seus posts.

L I F E   O F   C H E R R Y 


Não sei se conhecem o Life of Cherry ou até a sua autora, mas posso adiantar-vos que é um blogue de listas e a maioria delas é muito difícil de não rir ou não pensar "Whattttt, isto é tãoooo verdade!". Não vai mexer com o vosso sistema nervoso por ser um blogue que causa polémica, que não causa, nem vai ser um blogue onde vos ajuda a conhecer diversas marcas de maquilhagem. Mas é um blogue que com certeza vos vai deixar bem dispostos e a pensar que afinal não são os únicos a pensar ou a achar a mesma coisa!

A Blogger

Aqui a questão também fica complicada, é verdade mas ais uma vez, depois de um pensamento aqui, outro pensamento acolá, cheguei a uma conclusão.

S O F I A   C L E T O


A Sofia é a autora do blogue Crónicas de Salto Alto, um blogue que eu acompanho de perto, de uma autora que gosto ainda mais e digo isto genuinamente. Não falamos de forma recorrente mas de vez em quando trocamos mensagens no Instagram [façam o favor de seguir!] mas não é só o contacto direto com alguém que nos faz gostar dela. Eu, pessoalmente, gosto mesmo é dos seus posts; é transparente, engraçada, parece que já fazemos parte da vida dela há muitooo tempo. Para quem não conhece, a sério, abram o blogue e vejam se não tenho razão!

O Instagram

O mundo do Instagram não tem nem começo nem fim; é literalmente um planeta, onde há de tudo, para a menina e para o menino mas já que tenho um blogue dedicado ao blogue, então também é normal que goste de seguir outras bloggers.

M I M I   I K O N N 


E eu adoro seguir a Mimi Ikonn. Não sei como a fui desencantar mas a verdade é que a esta conta de Instagram me encanta; a vida dela, o amor de Alex, as ruas de Londres, a gravidez e o nascimento da Alexa. As fotografias são sempre tão bonitas e parece que nos conhecemos há imenso tempo através da forma como ela escreve. E o sotaque dela? Tãooo engraçado!

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

AVON | Review Gama Luxe

Eu sei que já se passou mais de um mês desde que fiz anos maaaaas ainda não tinha tido oportunidade de vos mostrar um kit de maquilhagem que recebi no meu aniversário e já o queria ter feito há algum tempo. Fã da marca, a minha sogra (posso continuar a chamar como a mãe do meu namorado?) ofereceu-me três produtinhos da Avon, da gama Luxe!


Uma máscara de pestanas, um batom e um lápis pretos com uma esponja na outra ponta para esfumar. Ora bem, se isto não são três produtos mega essenciais na vida de quem se maquilha diariamente, então não sei o que são e assim sendo, fiquei muito contente por os ter recebido, até porque ainda não houve coisa da Avon de que não gostasse!


São todos muito fáceis de colocar e esta máscara dá mesmo um mega volume às pestanas em duas passagens! O Batom... não vou dizer que se fosse eu a escolher que era mesmo esta cor que escolheria porque sou de tons mais fortes mas todas as meninas precisam de um batom laranjinha suave no seu leque de maquilhagem certo? E este tem um tom MUITO natural, muito boito para quem também gosta de nudes.



Costumam usar produtos da Avon? O que mais gostam da marca? 
Devo confessar que também ADORO os perfumes!

Boa sexta-feira para todoooooos!

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

47# Tragam as pipocas, hoje é dia de cinema!

Foi na minha folga, na segunda-feira, que o meu namorado me levou de arrasto à sessão da meia-noite. Eu ia meia reticente porque as críticas que tinha lido não eram as melhores e quando cheguei à sala de cinema e vi que éramos apenas seis espetadores...


Depois da morte do Super-Homem (Henry Cavill), um novo inimigo espreita à porta para dominar e quiçá destruir o mundo como o conhecemos. Sem grandes aliados, Batman (Ben Affleck) convoca Diana, a Mulher-Maravilha (Gal Gadot) para se juntar a ele nesta missão quase impossível de tentar salvar o mundo e ainda encontrar novos recrutas. Ainda assim, conseguem que se juntem a eles o Flash (Ezra Miller), o Cyborg (Ray Fisher) e ainda o Aquaman (Jason Mamoa). 


Well... Na gíria, eu diria que é fixe o filme. Mas é só isso que tem para me dar. É fixe, vê-se mas não fica na minha cabeça. Ah, minto; ficou na minha cabeça e por uma coisa negativa. Já não me lembrava de ver efeitos especiais tão mal feitos há tanto tempo... Como é possível? Quem deixou que o filme avançasse com tamanha má edição de efeitos especiais? Tudo bem... eu consigo fechar os olhos e pensar no filme para além disso. Mas depois chego a outra conclusão... que raio se passa com o Ben Affleck? Onde está o folgo e até o fogo com que atuava em frente às câmaras? Mais valia terem dado mais tempo de antena ao Ezra Miller que é tão engraçado durante todo o filme sem ser forçado. Mas foi a Mulher-Maravilha que teve mais presença em toda a longa-metragem. Até porque foi dos filmes que mais sucesso teve então agarram-se a ela como bandeira de salvação - esta é uma teoria minha, atenção ahahahah!


Se deviam ir ver ao cinema o filme? Ah, não, poupem o vosso dinheirinho. Mas voto para que reúnam os amigos e vejam num serão à tarde ou à noite porque não é um filme horrendo. Eu reforço: é um filme fixe e pronto.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Jumbo | A Marca Cosmia Está Mesmo A Dar Que Falar!

Já me tinha pronunciado aqui no blogue - neste post -  acerca da marca do Jumbo, Cosmia. Neste caso, eu estreei-me a usar um produto desta marca com uma Máscara Hidratante para o cabelo e só tive coisas positivas a dizer. Como na semana do meu aniversário pintei o cabelo, decidi ir buscar uma Máscara Hidratante para Cabelos Pintados e ainda trouxe um Shampoo. 


Ao contrário da máscara que testei anteriormente, esta, própria para cabelos pintados, não tinha um odor muito forte mas era igualmente bom e é algo que permanece dias e dias no cabelo e sentimos mesmo ao toque o seu nível de hidratação.


Tive a mesma boa experiência com o Shampoo da marca. São 400 ml de um shampoo cheiroso, que me custou apenas 1,99€ - o mesmo valor que as máscaras para o cabelo. Eu andei muito tempo agarrada à Garnier mas decidi testar outra coisa e também deixa o cabelo cheirosinho e mais que isso, nota-se que está lavadinho e brilhante!


Atualmente são estes dois os meus aliados para manter o meu cabelo saudável e bonito. Estou cada vez mais fã da Cosmia, quer pelo preço mega acessível, quer pelos seus resultados. Acho que agora a próxima aquisição será dentro da gama de maquilhagem...

Fãs da marca Cosmia, alguém por aí?
_____________________________________________________________


Ps: Malta, já foi sorteado o vencedor do passatempo! 
E a vencedora do livro "A Aventura Culinária" de Eva Gonçalves é a Sara Conceição, autora do blogue "Abriga-te Comigo". 

Muito obrigada do fundo do coração a todas as pessoas que participaram!

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Opções Saudáveis Para O Natal | Rabanadas

Natal que é Natal tem muito docinho envolvido não é? Mesa com doces, salgados, muito ou pouco mas há sempre qualquer coisa para encher o estômago e preencher mais um buraquinho aqui de celulite mas isso é assunto para outro dia. 

Vai daí decidi pesquisar receitas desses mesmos docinhos mas numa versão mais ligeira. E é isso mesmo hoje o que vos trago, uma dessas mesmas receitas que encontrei para depois todos podermos testar!

Rabanadas no Forno

Tinha de começar pelo doce que mais gosto de comer nesta altura: as maravilhosas rabanadas! Só costumo comer as da minha mãe que são sempre formidáveis mas desta vez acho que vou arriscar a fazer lá em casa mas em vez de as fritar vou colocá-las no forno como vi.

Precisam de:

- Um pão fatiado com cerca de dois dias [normal, integral, de mistura, de sementes, o que preferirem]
- Um litro de leite magro ou vegetal
- Três ovos
- Dois paus de canela
- Adoçante natural a gosto [como por exemplo o mel, que vai ser a minha opção]
- Duas cascas de limão
- Canela em pó a gosto



Modo de preparação:

1 - Colocar num recipiente o leite, as cascas de limão e os dois paus de canela; mexer de forma a misturar os aromas e posteriormente colocar as fatias de pão totalmente cobertas durante, no mínimo, 30 minutos.

2 - Pré-aqueçam o forno numa temperatura de 200 graus.

3 - Noutro recipiente batam os ovos, adicionem o adoçante natural e canela em pó.

4 - Passem as fatias de pão pelos ovos batidos e depois de forrarem um tabuleiro com papel vegetal, disponham as mesmas sobre o tabuleiro e levem ao forno. 

5 - Deixem 20 minutos no forno e depois de as tirarem, polvilhem com canela e quem sabe, um fiozinho de mel!

E que tal? Acharam difícil? 
Eu cá vou arriscar e é já no fim-de-semana! Depois prometo que vos dou feedback. 
Se já tiverem feito esta receita partilhem a vossa experiência!

domingo, 10 de dezembro de 2017

Favoritos Do Ano | Segunda Parte

Como já tinha partilhado, desta vez o balanço anual que decidi fazer é ligeiramente diferente e hoje segue mais um post dos meus favoritos de 2017. Vamos começar?

O Livro

Não que tenha lido muitos livros este ano mas claro que há um que se destaca, até porque me levou algum tempo a acaba-lo (não por ser cansativo ou aborrecido, muito pelo contrário) porque mais de 1000 páginas e uma vida agitada nem sempre coincide mas quem gosta de ler, arranja sempre 15 minutinhos.

O U T L A N D E R  -  O S   T A M B O R E S   D E   O U T O N O


Quem me conhece sabe que sou fã de Jamie e Claire Fraiser, tanto nos livros como na série mas para mim, não há nada como os livros. É onde a magia acontece sobre os nossos dedos, ao folhearmos página atrás de página e nos leva para o mundo da imaginação, que não tem qualquer limite. Este é o quarto livro da saga e para quem não conhece, espreitem numa livraria perto de vocês; não se irão arrepender.

A Viagem

Este ano posso dizer que me fartei de viajar, alguns sítios repetidos, mas há uma viagem que, por ter sido tão diferente, tão sem planos, acabou por se destacar. Foi muito cansativo, foi tudo feito de carro mas é uma cidade que não podemos negar o seu encanto e beleza.

B A R C E L O N A 


Um calor e um cansaço insuportável, é daquilo que melhor me lembro. Mas lembro-me dos momentos que passei com o meu namorado, de me sentar a beber água em frente à Sagrada Família, do mergulho refrescante que dei naquelas águas, da fationa de pizza que comi no Mercado... Viajar faz bem a tudo (menos à carteira) e apesar do atentado trágico que atormentou a cidade (e a mim também) Barcelona merece a pena ser visitada!

A Mudança

Podia falar de como a minha vida sofreu voltas e mais voltas e de como este ano fui a baixo e recuperei várias vezes. Podia falar de muitas coisas mas a maior mudança que destaco na minha vida...

V A S Q U I N H O 


Este ano descobri que ia ser tia novamente... e este ano ele veio conhecer o mundo. Estava em Londres quando ele nasceu, por isso só já o conheci fora da maternidade mas aconchega-me que tenha a vida toda para estar com ele - ou assim é o meu desejo - porque eu não sou mãe [e não sei que raio de mãe um dia serei eu] mas sou tia. E sei que sou uma boa tia. Não muito renhónhónhó, mas uma tia presente, que transborda de orgulho por uns rebentos que ao fim e ao cabo são também meus.

E esta segunda edição dos meus Favoritos de 2017, que tal? Gostaram? Até ao próximo post!

sábado, 9 de dezembro de 2017

Pinterest | DIY Centro De Mesa

Eu não sou nada dada às artes manuais. Sou um zero à esquerda em trabalhos com tesoura, cola, papel ou qualquer outro tipo de material. No entantoooooo, num tempinho livre, lá andei pelo Pinterest e eis que vi uma coisa super mas super simples de eu poder concretizar pois tinha acesso facilmente a TODOS os materiais 


Sim, eu fiz um centro de mesa! Tinha esta caixa de madeira a ganhar pó, aqui pelos cantos da casa, sem utilidade e assim que vi a ideia no Pinterest decidi dar-lhe uma nova vida. Sobrou muita relva artificial (daquela que tinha posto no chão da marquise, lembram-se deste post?) então cortei um bocadinho e forrei a caixa. Depois, na Primark, comprei quatro caixas de pinhas em tons de cor-de-rosa em promoção (75 cêntimos cada caixa) e uma vela igualmente cor-de-rosa (também em promoção, 1,50€) e foi só dispor pela melhor maneira na caixa!


Aqui na fotografia as pinhas parecem prateadas mas efetivamente elas têm um tom cor-de-rosa mas com muitas porporinas! Decidi colocar esta minha pequena obra na mesinha que está no centro da sala, no meio dos sofás, pois ainda não tinha arranjado nenhum apontamento natalício para aqui. Porquê cor-de-rosa e não vermelho ou outra cor? - perguntam vocês.
Porque as bolas da árvore de Natal têm três cores: azul, prateado e cor-de-rosa. Na altura escolhi estas bolas porque a sala está toda decorada em tons de azul e prateado e as bolas cor-de-rosa foram um extra que já vinham na caixa. Assim, este apontamento acaba por completar a decoração! Bonito e simples.


E vocês, são dados a este tipo de trabalhos ou fogem a sete pés (tal como eu a maioria das vezes!)?
Gostaram do que eu concretizei?

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Primark | Batons Metalizados!

Quem me segue no Instagram, tem reparado que nos meus últimos InstaStorys tenho feito referência a dois tons de batons metalizados que adquiri recentemente. Um suspensezinho aqui, um pequeno desvendar acolá e cá estou eu para vos falar destes meus dois novos produtos de maquilhagem!


E começo já por dizer que andei a namorar uns quantos da NYX mas como não são os mais baratos à face da terra, decidi que tinha de ser num ato de loucura e saí da loja. E em mais uma ronda pela Primark (trabalhar mesmo lá ao pé dá nisto...) eis que vejo alguns tons em metalizado e acabei por trazer estes dois, pelo preço de um na NYX. Isto não significa que não vá à NYX à mesma (porque fiquei de olho num roxo e um vermelho lindo!) mas decidi trazer estes dois para testar.


Que dizer? Mais um produto Primark aprovado! A gama de nome Kiss Proof tem uma grande durabilidade, ambos são super fáceis de colocar e não secam os lábios. Nada! Eu até me esquecia que o tinha. E definitivamente as fotografias não fazem jus à sua verdadeira beleza, porque são dois tons diferentes mas igualmente de encantar. Se querem experimentar um metalizado, eu aconselho, em absoluto e agora dei por mim a viciar-me nos metalizados, socorroooo!



Ps: Malta, não se esqueçam que está a decorrer passatempo aqui e no Instagram! Para quem não viu, basta carregar AQUI e ficarem a par de tudo e podem concorrer até ao dia 10! Boa sorte! :)


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

SÉRIES | This Is Us, A Série Com Demasiado Drama Para Mim

Amantes da série This is Us... não me matem já. O que aí vem é só a minha opinião depois de ver em um mês a primeira e segunda temporada - que pelos vistos ainda não acabou - desta série, tão bem falada, tão aclamada quer pela critica quer pelo próprio público. 


Eu comecei a ver esta série o mês passado porque entre as minhas amigas elas comentavam "Ah viste aquele episódio? Ai Meu Deus isto, ai Meu Deus aquilo" e eu na santa ignorância, sem nunca me ter dedicado ao assunto; talvez porque séries de drama não me puxam muito ou talvez porque tive a minha dose com Anatomia de Grey (já nem me lembro em que temporada fiquei) e ainda assim, numa balança, gosto mais de Anatomia. 

Porém, reconheço que estamos perante uma série que no meio da sua simplicidade de produção e complexidade de roteiro, tem um brilho muito próprio e bastante merecedor. A forma como a história está construída (e editada), com várias passagens por tempos diferentes é bastante enriquecedor, assim como avaliar todo o crescimento e diferente fase de cada um dos Big Three. A história dos Pearson, como família e individualmente é muito cativante e opúblico acaba por sofrer com as amarguras das suas vidas.


E é aqui que eu eu entro. É que eu não sofro com aquelas amarguras. Dá-me uma certa pena e até me comovo com algumas coisas, por serem retratos da realidade, mas é só isso. Depois quero seguir em frente... e a história não me deixa. Continuam ali, a navegar no sofrimento, no prejuízo, na angustia. "Por isso é que é uma série de drama, Rititi, estavas à espera do quê?", sim eu sei, mas estava à espera de outra coisa. No entanto, graças a Deus que existe uma personagem chamada Toby e outra chamada Beth - os meus favoritos. Vivem os dramas dos seus conjugues à mesma mas com um toque de comédia subtil e com grande destreza. São personagens muito fortes e que dão muito à história.


Dos três irmãos, Randall é a personagem mais completa, mais engraçada, mais chorona e mais cativante. Já Kate leva o prémio de mais aborrecida. Kevin... Kevin ainda vai dar algo mais à série, creio eu. E agora é esperar para ver dos próximos episódios. 

Por aqui, alguém fã de This is Us? 

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

TAG | Christmas Time!

Como já viram, já se fala muito sobre o Natal aqui pelo estaminé e qual a minha surpresa quando vejo que a querida Catarina Dias, autora do blogue "A Little Bit Of Pink" me tinha nomeado para um TAG de Natal?! Perfeito!



As regras são simples:
responder a 13 perguntas e nomear sete bloggers! 

Vamos a isso?

1 - Qual é o teu filme de Natal favorito?
Lembro-me que fui ao cinema vê-lo e amei. Tão simples e tão bonito! "The Holiday" ou em português, "O Amor Não Tira Férias"!

2 - Onde costumas passar o Natal?
Não tenho essa tradição porque o meu pai enquanto estava na PSP passava muitos Natais fora, quando se reformou, começou a ir nessa altura a apanha da azeitona à aldeia, acabando os meus pais por passarem o natal com os seus pais. E eu passava com a minha irmã do meio :) Mas já o ano passado passámos todos juntos e foi cá em casa para inaugurá-la!

3 - Qual é a tua música de Natal favorita?
Acho que vamos sustentá-la o resto da vida por conta desta música mas não há hipótese, Mariah Carey ganha com o "All I Want For Christmas Is You"!

4 - Abres os presentes na Véspera de Natal?
Por norma abro sempre depois da meia-noite mas existem alguns que só consigo abrir no próprio dia 25!

5 - Que tradições estás mais ansioso este Natal?
Lá está, eu não tenho grandes tradições nesta altura mas desde que sai de casa que anseio por criar as minhas próprias tradições. Este ano ando a pensar comprar duas camisolas iguais, para mim e para o meu namorado, para vestirmos ou na véspera ou no dia de Natal (a sorte é que ele não lê o blogue).

6 - Tens uma árvore de Natal verdadeira ou falsa?
Durante muitos anos na casa dos meus pais tínhamos sempre um pinheirinho verdadeiro mas realmente o artificial tem uma durabilidade muitooooo maior e agora tenho uma artificial.

7 - Qual o teu doce/comida favorita no Natal?
Eu como adoro polvo e aqui por casa a tradição é mesmo comer o polvo cozido, cá ando ansiosa por essa refeição mas uma bela rabanada numa cai mal também eheheh!

8 - Sê honesto: preferes dar ou receber presentes?
Ah, fala sério, quem não gosta de receber presentes não é? Mas eu confesso que ultimamente dá~-me um gozo enorme escolher presentes e oferece-los, por isso ambos!

9 - Qual o melhor presente que recebeste?
Eu ADORO receber pijamas no Natal, por isso são sempre presentes que valorizo bastante! Mas até hoje o meu namorado deu-me umas botas da Timberland que continuam a durar e a durar e a durar!

10 - Qual o teu lugar de sonho que gostarias de visitar no Natal?
Nova Iorque é uma cidade que não me diz muito mas se havia altura que gostava de visitá-la, possivelmente escolheria o Natal para o fazer.

11 - Momento mais memorável das férias de Natal?
Já nem me lembro a última vez que tive férias de Natal por isso vamos passar à próxima pergunta ahahah!

12 - Como é que soubeste a verdade sobre o Pai Natal?
Foi um episódio tão traumatizante que até aos dias de hoje fecho os olhos e o revejo vezes sem conta na minha cabeça. E na minha cabeça ficará.

13 - És uma pro a embrulhar ou um fail completo?
Estou no meio, pode ser? Ahahah!

Os sete nomeados são:


E quem não estiver nomeado mas queira responder, sintam-se à vontade de o fazer e de me dizerem para eu ir cuscar as respostas ahahaha!